Interaja pelo

Pesquisa

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

O líder não deve ser neófito



A Bíblia diz do líder: “não seja neófito, para não suceder que se ensoberbeça e incorra na condenação do diabo” (1Tm 3.6). Esta é mais uma qualificação que só aparece na lista de Timóteo. Fica claro que o líder de igreja deve ser alguém relativamente maduro na fé.

Literalmente neófito significa “recentemente plantado”, como uma árvore verde, recém-convertido (alguém que tenha recentemente se tornado um cristão). Alguém que tem tamanha responsabilidade como a de administrar uma igreja não pode ser um novo convertido.

Em 1 Timóteo 5.22 Paulo alerta Timóteo dizendo: “A ninguém imponhas precipitadamente as mãos”, ou seja, ele falou contra ordenações precipitadas. A igreja no caso aqui é Éfeso que já devia ter mais de dez anos na época que Paulo escreveu. Ele não fez essa mesma exigência para Creta, que era supostamente uma nova missão. Isso é interessante, pois não se pode esperar maturidade no início de uma igreja, mas por outro lado não se pode esperar que numa igreja que tenha anos, a mesma seja liderada por meninos espirituais. Em outras palavras, deve haver maturidade entre os crentes (At 21.16).

O perigo da liderança em um neófito, é que isso pode lhe “subir à cabeça”, ele pode ficar inchado. Isso provoca orgulho e o resultado seria que ele cairia na condenação do diabo. O orgulho é um pecado terrível. Ele transformou anjos em demônios. A arrogância cega. Essa frase difícil pode significar (1) que ele sofrerá o mesmo julgamento que o diabo sofreu quando ele se encheu de arrogância, isto é, expulsão do céu, ou (2) que ele será posto nas mãos do diabo para julgamento como ocorreu com Jó.

É um verdadeiro perigo colocar pessoas novas na fé para liderar na igreja, pessoas que mesmo com muito tempo de igreja nunca deixaram de ter um entendimento superficial da fé. Todo líder corre o risco de cair na armadilha do orgulho, mas com neófitos isso é praticamente certo que acontecerá. Há necessidade, portanto, de avaliar a maturidade cristã geral do candidato a liderança, pois isso pode trazer grave risco para a vida do irmão e para toda a igreja.


Fonte:Libertos do opresor 
Jcc

0 comentários:

Postar um comentário